O programa de relacionamento
da Qualicorp com você, corretor.

ATENDIMENTO EXCLUSIVO
Segunda a Sexta, das 9h às 18h.
Siga nossas redes:

Novembro azul: a cada cinco pessoas que buscam auxílio médico apenas uma é homem

07/11/2019

Ir ao médico e cuidar da saúde também é coisa de homem. Mas, historicamente, a maioria não pensa assim. De acordo com uma pesquisa do Centro de Referência em Saúde do Homem de 2018 mais de 50% só procuram ajuda médica quando os sintomas já estão avançados, muitas vezes com necessidade de intervenção mais agressiva, como cirurgia.  “Isso é cultural, sim, mas precisa ser mudado”, afirma Jorge Hallak, urologista do Hospital Sírio-Libanês e diretor da clínica Androscience. O especialista explica que, em média, a cada cinco pessoas que buscam atendimento apenas uma é homem — sendo que, de acordo com a pesquisa, 70 % só vão ao médico acompanhados.

Dados da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) mostram que 49% dos homens nunca fizeram, por exemplo, o exame de toque retal: essencial para descobrir os primeiros sinais de câncer de próstata (junto com a dosagem de PSA), além de outras doenças e condições importantes.

Segundo Hallack, o teste deve ser feito anualmente a partir dos 45 anos. Mas a busca por urologista ou andrologista deveria ser feita muito antes, idealmente ainda na adolescência, “assim como é recomendando às mulheres jovens a primeira visita ao ginecologista”.
A prevenção pode evitar doenças como varicocele, dilatação das veias que drenam o sangue dos testículos — principal causa tratável de infertilidade masculina.

O câncer de próstata é o segundo mais comum no Brasil – atrás apenas do câncer de pele. Quando diagnosticado precocemente, tem 90% de chances de cura. O tratamento depende do estágio de desenvolvimento do tumor, mas pode incluir cirurgia, radioterapia e terapia hormonal. Na fase inicial, a doença não apresenta sintomas. No estágio avançado, pode provocar dor óssea, sintomas urinários ou, quando mais grave, infecção generalizada ou insuficiência renal.

 

Fonte: Parceiro Qualicorp